quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Você já teve algum desafeto?


Pode ser com um parente, com um amigo, com um ex-companheiro, ex-chefe e tantos outros tipos de pessoas.

É bem provável que sim. Não é verdade?

Mas cá entre nós… Será que o problema realmente acabou? Será que você realmente passou por cima da situação e consegue viver a sua vida normalmente?

Antes de você me dar sua resposta, me responda o seguinte: a sua vida é próspera, abundante e intensa ou você vem lutando para sobreviver, contando o dinheiro para pagar as contas e continua atraindo relacionamentos problemáticos para a sua vida?

Se as coisas não estão tão bem assim com você hoje, este artigo foi escrito especialmente para você.
Pode não ter sido culpa sua, mas…

Se a sua vida não prospera a passos largos, é bem provável que assuntos relacionados aos desafetos ainda existam em sua mente e coração.

Neste ponto, a culpa pelo desafeto pode não ter sido sua, mas a responsabilidade por carregar esse sentimento é toda sua.
O lado bom dessa história é que, agora que você tem mais clareza sobre o que pode estar sendo o freio de sua prosperidade, você pode usar o poder da gratidão para fazer a lei da atração funcionar na direção que você deseja.

Por que é tão importante resolver os desafetos do passado?

Lembre-se que a lei da atração sempre vai trazer para você mais daquilo que você SENTE e não daquilo que você DIZ QUE SENTE.

Quando temos desafetos, tendemos a culpar a outra pessoa por nossos problemas e nos colocarmos no papel de vítima. Isso faz com que nos afastemos da melhor energia para suar a lei da atração: a gratidão.

“Agarrar-se à raiva é como segurar um carvão em brasa com a intenção de jogá-lo contra outra pessoa; no fim das contas, quem se queima é você.” – Sidarta Guatama, o Buda

Esses sentimentos ruins em relação a outra pessoa prejudicam A SUA vida.

Quer um motivo melhor do que esse para resolver os desafetos do passado?

Seja grato por seus desafetos

A melhor forma de solucionar os problemas com os desafetos do passado é sendo grato por eles.

Sim! É isso mesmo que você leu… Ser grato por seus desafetos irá libertar todo o poder negativo do sentimento que você nutre por esta relação e canalizar o poder positivo para que a magia da lei da atração possa fluir abundantemente em sua vida.

Vai dizer que você prefere continuar tendo problemas em sua vida por coisas mal resolvidas do passado?

Veja alguns exemplos da vida real sobre o poder mágico da gratidão:
Se você tiver um ex-marido ou mulher com que só mantém contato por causa dos seus filhos e o relacionamento entre vocês não for bom, olhe para as crianças e perceba que elas não existiriam se não fosse seu antigo companheiro.

 A vida de seus filhos é uma das maiores dádivas que você possui. Enquanto olha para eles, agradeça ao seu ex pela vida dos seus filhos. Além de trazer paz e harmonia para o seu relacionamento, o seu exemplo ensinará aos seus filhos a mais importante ferramenta de suas vidas: a gratidão;

Se estiver com o coração partido por conta do fim de um namoro, você pode usar o poder mágico da gratidão para transformar sua dor. Agradeça todas as coisas boas que vocês viveram juntos, tudo o que você aprendeu e quanto cresceu como pessoa.

Depois dê o próximo passo e agradeça por tudo aquilo que você poderá fazer já que não está mais com aquela pessoa.

Sei que pode parecer simples demais, mas é justamente na simplicidade que reside todo o poder da natureza. A final de contas, ninguém faz as coisas pela lei do menor esforço e máximo resultado tão bem quanto ela.
A gratidão é um filtro onde você coloca água turva e tem como resultado uma água límpida e pronta para ser consumida.
Um exercício simples para o dia de hoje

Agora que você conheceu uma maneira incomum de usar a lei da atração ao seu favor, quer compartilhar com você um exercício para te ajudar a usar o poder da gratidão em seus desafetos e transformá-los de água turba para água cristalina e liberar mais prosperidade para a sua vida.
Para continuar o exercício, escolha um relacionamento problemático que deseja melhorar ou purificar. Pode ser uma pessoa que faça parte de sua vida atualmente ou alguém do passado que não está mais em sua vida.

Agora faça uma lista de 10 coisas pelas quais se sente grato a essa pessoa. Relembre a história de vocês dois e inclua na lista o que essa pessoa tem de melhor ou o que esse relacionamento trouxe de bom para você.

Quero deixar uma dica aqui… A maneira mais fácil de fazer isso é pensar na forma como as coisas eram ANTES do relacionamento se deteriorar ou terminar. Combinado?

Quanto encontrar uma coisa pela qual é realmente grato, coloque no papel da seguinte forma:

Nome da Pessoa, sou grato por o que?
Separei alguns exemplos reais que usei para usar o poder da gratidão com um ex-sócio que tive:
José Carlos, sou grato por você ter ficado com a empresa já que aquilo já não me trazia mais alegrias
José Carlos, sou grato por você ter me ensinado várias coisas sobre Marketing e Persuasão
José Carlos, sou grato por você ter me ensinado o poder do desapego e o poder de seguir em frente
José Carlos, sou grato por juntos termos feito história no mercado de e-commerce brasileiro
José Carlos, sou grato por você ter aparecido no momento mais importante para a ALMQ Consultoria.
Agora é com você! Então, mãos à obra.

Não vai levar nem 10 minutos para você concluir esse exercício, mas tenha certeza de que o impacto será MUITO maior do que você pode imaginar.
Lembre-se de deixar nos comentários a sua opinião e também os resultados. Além de me motivar a escrever mais, sua história poderá incentivar outras pessoas a usarem essa fantástica ferramenta. Combinado?

Grande Abraço.


Comente este artigo.



Um comentário:

  1. As vezes alcançar a felicidade é algo tão simples, mas estamos tão preocupados em só pensar nos problemas que isso aparenta ser impossível...
    Vejam meu blog, faço resenhas: http://rsenhando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir