quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Plantação de amendoim no cemitério



Uma moradora de Missianópolis, distrito de Moiporá, na região oeste do Estado, há 176 km de Goiânia, que não quis se identificar, registrou uma plantação de amendoim em uma área de aproximadamente 400m² dentro do cemitério municipal. Segundo ela, a plantação tem cerca de 40 dias e foi autorizada pelo coveiro responsável pelo local.

Ela afirmou que o coveiro decidiu arrecadar uma renda extra e permitiu que morador pudesse plantar, colher e vender. Ainda de acordo com a moradora, a plantação passa de lado e até em cima dos túmulos, "acho que é um desrespeito com os mortos da cidade".
Contudo, o secretário de Administração de Moiporá, Sebastião da Costa Ferreira, informou que a prefeitura foi até o local e a plantação retirada do cemitério. "A gente foi lá e falei que ele tinha duas horas para limpar aquilo. Voltamos depois e verificamos que tudo já foi retirado", relatou. O Diário da Manhã tentou, até o fechamento desta edição, entrar em contato com a Prefeitura de Moiporá para confirmar se já havia acontecido mesmo a limpeza do local, mas ninguém atendeu. O coveiro recebeu uma advertência na ficha funcional e será encaminhado para a Assessoria Jurídica.
O engenheiro-agrônomo Abid Francisco Pereira, explica que amendoim é uma raiz e corre grandes riscos da plantação ter sido contaminada. "A probabilidade de contaminação é grande. É claro que só se pode ter certeza após um exame de laboratório mais específico que analise os resíduos tóxicos do alimento, mas não é indicado de forma alguma que as pessoas comem alimentos plantados no cemitério", alerta.
O necrochorume é o principal responsável pela poluição ambiental causada pelos cemitérios. É um líquido viscoso, de cor castanho-acinzentada, com 60% de água, 30% de sais minerais e 10% de substâncias orgânicas degradáveis. Apresenta variado grau de patogenicidade, por causa da presença de vírus, bactérias e outros agentes causadores de doenças. Cada quilo de massa corpórea do cadáver gera 0,6 litro de necrochorume.

OUTROS CASOS
Moiporá não é o único palco de plantações em cemitério, o zelador do Cemitério Municipal de Monte Aprazível (SP), Antônio Pinheiro Ribeiro, 63, já plantou, em algumas vezes, arroz. Antônio afirma que já plantou vários tipos de frutas, além de flores, no cemitério. Ele diz que pretende plantar mais vezes, já que os frequentadores do local gostaram da ideia, ao contrário do caso em Goiás. Porém todas as plantações em Monte Aprazível foram feitas em locais onde não há ninguém enterrado.
Em Todmorden, uma pequena cidade da Inglaterra, seus 17 mil habitantes podem se alimentar de graça. O projeto The Incredible Edible Todmorden (A incrivelmente comestível Todmorden), consiste no cultivo de hortas coletivas em espaços públicos da cidade, inclusive no cemitério local.
O professor e engenheiro- agrônomo Ronaldo Posella Záccaro defende a ideia de comer frutas produzidos no local. Para ele não é correto afirmar que as plantas sejam contaminadas só por estarem no cemitério. "Seria mais preocupante a contaminação provocada por um aterro sanitário do que alimento germinado numa necrópole", exemplificou o especialista. Ele acrescenta: "Pode haver casos de contaminação nos vegetais dependendo da causa da morte, como por exemplo, a radiação. Mas, nestes casos, o corpo é sepultado em urnas metálicas."



Comente este artigo

3 comentários:

  1. Coisa horrosa!! eu conhecí uma moça que, ficou muito doente pq sempre comprava frutas,antes de chegar ao trabalho de um mesmo vendedor no centro da Cidade aqui no RJ. Depois de muito pesquisar, descobriu-se que,as frutas deliciosas e suculentas vinham de uma plantação em um cemitério da baixada. Coisa de maluco. rsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. É verdade, pena que a gente compra e consome sem saber a origem.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá sou dono do Agregador Furacão Links http://furacaolinks.com/home/ e venho te convidar para enviar seus links para lá , cadastre-se e super rápido leva menos de 2 minutos , Eu mesmo te garonto que aprovarei todos os seus links enviados , no momento não precisa adicionar widjet apenas o banner , qualquer dúvida manda um email para admedim@hotmail.com .

    ResponderExcluir